O poder de fogo da Amazon

Antes de falar sobre o tema principal do artigo, vou comentar um pouco sobre o que aconteceu no último dia 10. A Apple, como prometido, lançou seus novos smartphones, chamados de iPhone 11 e iPhone 11 Pro (não entendi a necessidade de criar essa nova nomenclatura). 

Há duas semanas eu falava aqui sobre a crise criativa da maçã e comentava que a única coisa que estava mudando nas novas versões do seu super smartphone era a câmera. Acertei quando previ que seria uma das poucas mudanças e que isso não justificaria a troca de um modelo por outro mais novo.

Novos iPhones 11 Pro – Fonte: Apple

O evento aconteceu normalmente, com certo furor da imprensa especializada e dos fãs da marca que perdeu duas grandes e importantes cabeças de desenvolvimentos de seus produtos: Steve Jobs e Jon Ive, ambos responsáveis pelo design, ousadia, inventividade e o alto nível de qualidade dos gadgets da companhia.

O novo iPhone (ou novos) teve como novidades a câmera, com a adição de mais uma lente, confirmando os rumores e o vazamento de fotos que aconteceu antes da data, além de novos chips. Fora isso, prometem uma melhor bateria e tela, que finalmente é OLED. A Apple raramente oferece informações mais detalhadas sobre suas melhorias.

Novos iPhones 11 – a versão “popular” – Fonte: Apple

Por outro lado, a gigante do comércio eletrônico Amazon, que inclusive acaba de entrar no clube do trilhão (seu valor de mercado), lançou no mesmo dia 10, o seu pacote de serviços Prime no Brasil.

Um pacote de serviços premium, por assinatura que inclui o Prime Vídeo – serviço de streaming de vídeo da companhia, Amazon Music – serviço de streaming de música que compete diretamente com gigantes do setor como Spotify, Tidal e Apple Music. Esse serviço de música vinha sendo testado no país e foi oficialmente lançado esta semana também.

Também faz parte do pacote o Prime Reading – serviço que já tinha algo semelhante aqui no Brasil: o Kindle Unlimited, que possibilita aos assinantes a leitura de publicações sem a necessidade de pagar mais nada. Para os aficionados em games, o serviço oferece acesso ao Twitch Prime, uma comunidade gamer gigantesca, além de itens extras dentro dos games.

Complementando, os assinantes do serviço Prime têm acesso a promoções exclusivas, descontos bastante convidativos em produtos já neste primeiro mês, as promoções incluirão produtos de marcas como Nespresso, Crocs, Faber-Castell, BLACK+DECKER, Acer, HyperX, Waterpik, Columbia, Maxi-Cosi, além de dispositivos Amazon, como Fire TV Stick. 

Amazon Prime – Fonte: Amazon

E, algo muito importante para um país com uma logística tão desestruturada como o nosso: frete grátis para todo o Brasil em produtos entregues pela Amazon. Quem mora em regiões distantes do eixo Rio-SP sempre tem problemas com o alto custo do frete nas compras em lojas virtuais. 

Isso afugenta algumas pessoas e torna o preço menos competitivo em algumas situações. E, em tempo de greve de correios se iniciando, é importante lembrar que a Amazon não faz entregas utilizando a empresa.

O lançamento não é lá tão inovativo, mas traz para o nosso país uma briga que já existe lá fora: o oferecimento de serviços de alta qualidade a preços bem mais interessantes que a concorrência, que faz as outras empresas se mexerem para baratear ou melhorar seus serviços.

Desde a sua chegada às terras tupiniquins, a Amazon – que toma emprestado o nome do nosso maior rio além da floresta que, diga-se de passagem, vem sofrendo bastante com nossas ações irresponsáveis – vem mostrando novas possibilidades para o nosso comércio eletrônico, além de trazer novos serviços e produtos que já faziam sucesso lá fora e andam dominando a cena em vários países.

Amazon Fire TV Stick 4K – Fonte: Amazon

A lista de lançamentos não vai parar por aí, recentemente foi descoberto que o seu adaptador de smart tv Fire TV Stick teve sua versão 4K homologada pela Anatel, sinal de que deve estar próximo de ser lançado por aqui.

Isso sem falar das caixas de som inteligentes Echo que já estão em teste por alguns usuários aqui no Brasil para a melhoria da compreensão do Português brasileiro. Sou um desses testadores e confesso que tenho gostado bastante da experiência. Há rumores de que elas devem ser lançadas no mercado nacional em outubro.

Amazon Echo Dot – Fonte: Amazon

Sinais de que a lista de presentes de natal já tem novos representantes e esse ano o comércio eletrônico também pode ganhar novos produtos tecnológicos que vêm pra mexer ainda mais com a hegemonia de outras marcas que não estão aproveitando seu poder de inovação, que sempre foi o carro chefe de seus produtos.

Marcos Tenório é Designer, Sócio da Kalulu Design&Comunicação, Mestrando em Design de Artefatos Digitais pela Universidade Federal de Pernambuco, Mentor do Armazém da Criatividade, Professor de Design de Interiores na Uninassau e de Design Gráfico na UNIFG. Criador do Podcast MaybeCast, nas principais plataformas.

Something to Say?

Your email address will not be published.