Novos iPads: a produtividade é a palavra da vez

Os tablets não são novidade no mercado de dispositivos eletrônicos, mas eles sempre transitavam pelo limbo entre dispositivos para jogos e entretenimento ou tentativas de tornarem-se produtivos e entrarem no mercado de criação e nas rotinas dos escritórios.

Antes eles se posicionavam como um telefone grande e sem muita utilidade prática além de ver vídeos e jogar em telas maiores, mas essa realidade vem mudando bastante com os novos lançamentos do mercado.

Novos modelos de iPad lançados. Crédito: Apple Newsroom

Com lançamento de novidades no último dia 15 de setembro, além da linha chamada de iPad Pro, que traz maior poder de processamento tamanhos de tela maiores e possibilidades mais avançadas de criação. No evento, o iPad básico e o Air, foram repensados com foco na produtividade do irmão maior.

O Apple Pencil, caneta que possibilita desenhar e escrever na tela dos dispositivos ganha cada vez mais destaques nesses lançamentos e ainda novas funções como reconhecimento de textos utilizando inteligência artificial ainda mais avançada do que já conhecemos.

Fitness+ Crédito: Apple Newsroom

Além dos tablets, a maçã atualizou seu Apple Watch para adicionar a função de oxímetro novas funções de acompanhamento de atividades físicas com o novo serviço Fitness+ que oferece aulas e acompanhamento tanto nos relógios quanto em aparelhos como Apple TV, iPads e iPhones.

Falando em iPhones, eles não foram atualizados neste evento, apenas o seu sistema operacional que recebeu atualizações e começa a ser distribuído para os aparelhos logo em seguida. Há rumores de que a Apple teve problemas com fornecedores por conta da pandemia e isso atrasou o calendário de produção do novo smartphone.

Uma novidade interessante foi o lançamento do Apple Watch SE, o novo smartwatch da empresa com a proposta de ser mais “barato”. Mas isso não significa perda de qualidade, ele teria praticamente a mesma qualidade da versão 5 do relógio, ficando um pouco atrás do novo modelo 6, lançado no mesmo dia.

Apple Watch SE Crédito: Apple Newsroom

Em um evento morno, porém bem feito, a Apple também anunciou o novo serviço tudo-em-um da empresa, o Apple One, que inclui no pacote completo Assinatura do Music, do TV+, do Arcade e do novo Fitness+ com o pagamento de um valor, nos moldes do Amazon Prime.

A Samsung também está atenta às necessidades do mercado e, em agosto havia anunciado o lançamento do seu Galaxy Tab S7, o poderoso que já é conhecido do público, além de atualizar seus dispositivos vestíveis Buds Live e Watch.

Samsung Tab S7. Crédito: Samsung

A grande diferença entre os tablets concorrentes nem é devida a hardware em si mas às possibilidades que a Apple lança em parceria com empresas de software. Se o iPad possui um bom Photoshop e um Pixelmator avançado, além do anúncio do Illustrator para Outubro, a empresa coreana tem dificuldade em disponibilizar aplicativos de boa qualidade para seus tablets, o que pode causar resistência em pagar os altos preços dos dispositivos novos.

A Apple sempre teve um histórico de fechar grandes parcerias para garantir o interesse em seus dispositivos, a empresa assumiu o protagonismo criando ferramentas e tecnologias que apoiaram os profissionais da área desde a década de 1990. A Samsung ainda engatinha nessa estratégia mesmo com o lançamento do Premiere Rush em seus dispositivos anteriormente.

Com os lançamentos recentes, os sinais de um novo fôlego no mercado de tablets ficam mais claros e as funcionalidades deles estão sendo cada vez mais aprimoradas. Há tablets mais avançados como o Surface da Microsoft mas, como a empresa do Windows não lança seus produtos aqui no Brasil, fica complicado falar mais sobre eles.

Marcos Tenório é Designer, Sócio da Kalulu Design&Comunicação, doutorando em Design de Artefatos Digitais pela Universidade Federal de Pernambuco e Professor na UNIFG. 

Publicado originalmente no SiteRG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *